Cível

Mantenha-se informado com as nossas publicações de artigos jurídicos.

Me divorciei e tenho receio da guarda compartilhada. Como ela funciona?

10/06/2019 | Cível | Admin
Blog Image

"Após o divórcio, muitos casais temem a chamada guarda compartilhada dos filhos, com receio de que estes não possuam mais um lar fixo e tenham que ficar alternando entre a residência dos pais. Contudo, não é bem assim que a guarda compartilhada funciona e ela pode ser muito melhor do que você imagina!

De acordo com o conteúdo do art. 1.583 do Código Civil, entende-se por guarda compartilhada a responsabilização conjunta e o exercício de direitos e deveres dos pais que não vivam sob o mesmo teto, inerentes ao poder familiar dos filhos comuns. Na guarda compartilhada, o tempo de convívio com os filhos deve ser dividido de forma equilibrada com os pais, sempre tendo em vista as condições fáticas e os interesses dos filhos.


Isto é, na guarda compartilhada, ambos os pais são responsáveis pelo sustento, educação e cuidados cotidianos dos filhos, tais como: levar à escola, ao médico, ao parque, participar de reuniões referentes aos interesses da criança, etc. Não existem dias pré-estabelecidos de convivência de maneira rígida, haja vista que uma das características mais marcantes da guarda compartilhada é a flexibilidade.

E quais os benefícios da guarda compartilhada?
O fim das divergências sobre a regulamentação de visitas;
Maior convívio entre a criança ou adolescente e os pais;
Flexibilidade de horários de visitas e períodos de férias;
A criança ou adolescente possui residência fixa, ou seja, referência de lar, impedindo que estes permaneçam por um tempo em cada casa, o que pode lhes causar instabilidade emocional e psíquica."

Fonte: https://is.gd/WEp1cg


Admin
Author

Através dos anos conseguimos unir uma equipe qualificada e empenhada em garantir a promoção da justiça e proteção dos direitos do cidadão.


Comentários

Deixe um comentário

Categorias
Arquivos
Assine os nossos artigos

Escolha a(s) categoria(s) de maior interesse:





Preencha o formulário a baixo e receba gratuitamente os nossos artigos.

Ajuda?
Contato